header-area-background-wrapper
Menu
site-banner
center-left-menu

Como funciona?

1 min de video
center-right-menu

As Seicheles e as Maurícias reforçam a cooperação

8 May 2014
Foram assinados quatro memorandos de entendimento (MdE) para promover o comércio e o investimento durante o primeiro fórum de negócios das Seicheles-Maurícias, no Centro de Conferências Internacionais das Seicheles, nos dias 24 e 25 de abril de 2014. Mais de 50 empresas locais, incluindo comerciantes, importadores e prestadores de serviços institucionais estiveram presentes no fórum e na feira, realizados ao mesmo tempo, para discutir as possibilidades de negócio com mais de 100 das suas contrapartes Maurícias.
 
Organizado pelo Conselho de Investimento das Seychelles (QIS) em parceria com o Conselho de Investimento das Maurícias, a abertura do fórum foi oficialmente feira pelo Ministro das Finanças, Comércio e Investimento das Seychelles, Pierre Laporte, na presença do Ministro da Indústria, Comércio e Proteção do Consumidor Maurício, Cader Sayed Hossen. Laporte afirmou que o governo das Seychelles está a tomar medidas para tornar o país um destino mais atrativo para a realização de negócios e a captação do investimento direto estrangeiro. Instou ambos os representantes do setor económico dos países a utilizarem o fórum com vista a explorar potenciais áreas para estabelecimento de uma maior cooperação económica.
 
Pelo seu lado, Hossen corrobora que: « O fórum irá proporcionar uma plataforma para reforçar a colaboração. O fórum é um veículo excelente para promover uma maior consolidação e reforço dos nossos laços comerciais e económicos, elevando-os a um patamar sem precedentes. Possuímos um ambiente empresarial semelhante e oferecemos excelentes oportunidades para o investimento numa vasta gama de atividades. » Os MdE foram assinados entre a Agência de Promoção de Pequenas Empresas e Empreendimentos das Maurícias; a Empresa de Comércio das Seychelles e a Instituição de Comércio Estatal das Maurícias (STC); A Empresa de Petróleo das Seychelles e a STC; a Câmara do Comércio e Indústria das Seychelles e a Câmara do Comércio e Indústria das Maurícias.
 
O Diretor Executivo da SIB Rupert Simeon confirmou que os investidores das Maurícias estão a demonstrar interesse em áreas como o turismo e os serviços financeiros internacionais offshore, e afirma que espera « ver mais progressos empresariais entre estes dois países nestes dois setores no futuro. » Foi ainda realçado que, de momento, as trocas comerciais entre as Maurícias e as Seychelles só atingem os 600 milhões de SCR (35,6 milhões de euros) anuais, mas que o valor deverá aumentar à medida que são exploradas novas formas de colaboração.
 
www.tax-news.com

Suscreva a nossa newsletter

Partilhe esta noticia no: