header-area-background-wrapper
Menu
site-banner
center-left-menu

Como funciona?

1 min de video
center-right-menu

Hong Kong sobe nas classificações globais de IDE

7 July 2015
Pela primeira vez, Hong Kong ficou classificado em segundo lugar entre os recetores de fluxos globais de investimento direto estrangeiro, de acordo com o Relatório de Investimento Mundial relativo a 2014 da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento. Hong Kong recebeu 103 mil milhões de dólares americanos em IDE em 2014, um aumento de 39 por cento em relação ao ano anterior, ficando apenas atrás da China Continental (129 mil milhões) e à frente dos Estados Unidos (92 mil milhões), Reino Unido (72 mil milhões) e Singapura (68 mil milhões).
 
Hong Kong ficou também em segundo lugar no que respeita a fluxos de IDE para o exterior (143 mil milhões de dólares americanos), a seguir aos Estados Unidos (337 mil milhões), e à frente da China Continental (116 mil milhões), do Japão (114 mil milhões) e da Alemanha (112 mil milhões). O relatório afirma que o aumento do investimento de Hong Kong no estrangeiro em 2014 resultou, em parte, do aumento das atividades de fusões e aquisições transfronteiriças.
 
O Diretor-geral de Promoção do Investimento da Invest Hong Kong, Simon Galpin, disse: « É muito encorajador ver Hong Kong classificado em segundo lugar em fluxos globais de IDE, atingindo valores recorde tanto nos fluxos de entrada como de saída. » « Estes números realçam o papel de Hong Kong como um « superconetor » e um canal para o investimento direto », prosseguiu. « Os investidores estrangeiros usam Hong Kong como base para investir no resto da China e na região. As empresas da China Continental estão cada vez mais a utilizar Hong Kong como plataforma para fazer investimentos e aquisições no mundo inteiro ».
 
www.lowtax.net

Suscreva a nossa newsletter

Partilhe esta noticia no: